Archive for the ')(TR4B4LH05 4C4DÊMIC05)(' Category

09
jul
10

50RVETE5

29
jun
10

VBP

Poster de Divulgação

Outdoor

Fly adesivo (a parte superior, que contém a marca é um adesivo)

Variações da marca

Cartão de visitas (ainda sem as informações)

05
dez
09

P4PER4FT PUNK

Introdução

“A indústria gráfica (ocidental) tem sua semente inicial plantada por Gutemberg (século XV) em virtude da invenção da prensa de tipos móveis”(Santos F. A. PUCSP) e com essa invenção vem o ruído causado pelo desgaste dos tipos.

Nesta época e por muito tempo o ruído foi algo indesejado, desprezado considerado um erro e a todo custo era evitado, peças gráficas com ruídos sempre foram desprezadas, pois tudo sempre deveria ser limpo, esteticamente agradável, as imagens deveriam ter qualidade, os tipos não poderiam estar distorcidos, nada de sujeira, riscos e rabiscos, tudo bem organizado e bem apresentado.

O ruído se torna algo usual em 1916, o movimento Dada surge utilizando recortes, colagens e manchas que antes eram desprezadas passaram a ser utilizadas como elementos gráficos, passaram a possuir uma função, um conceito. Logo após em 1979 o movimento Punk pega elementos do Dada e aplica na moda, ganhando um maior destaque.

“Em 1992 A revista norte-americana Ray Gun começou a circular Tendo como linha editorial a rock music, o periódico se dispunha, desde o início, a oferecer um produto diferente para o seu público. Para o desenvolvimento do design gráfico foi contratado David Carson. Com a liberdade que lhe foi proporcionada e a opção por um “design de atitude”, Carson explorou ao máximo a quebra de regras. A legibilidade foi considerada tarefa menor. As capas da revista exploram: letras feitas a mão; fotos de má qualidade (para os padrões gráficos usuais); tipos distorcidos, recortados, quebrados e recombinados; sujeira, ruído e rabiscos como “ornamento”; sobreposições de imagens(feitas no Photoshop – software para tratamento e manipulação de imagens); espaçamentos irregulares e irracionais (entre-linhas e kernings – espaço entreletras- que “prejudicam” a leitura); inversão hierárquica das informações(o código de barras com mais ênfase que a fotografia da banda entrevistada); além de uma série de experimentos visuais que representam uma nova proposta em design gráfico. O interior da revista, da mesma forma que suas capas, não obedecem parâmetros que privilegiem a leitura.” (revista Famecos nº18 Agosto de 2002).

Objetivo do Trabalho

Homenagear o movimento Punk que inovou e reinventou formas de expressão para o Design Gráfico, que também influenciou as áreas de Música, Moda e Arte.

Metodologia de trabalho

Pesquisa de artigos científicos relacionados ao tema, proposição de meios de realizar a homenagem e busca de técnicas para transmitir de forma correta o conceito.

Após uma pesquisa sobre a história da evolução do design gráfico pode-se perceber que uma grande mudança estética ocorreu com a influência do movimento Punk: a quebra das regras e novas formas de expressão. Desta forma decidimos homenagear este movimento que até hoje se reinventa e muda a sociedade de forma construtiva. A técnica utilizada foi o Papercraft, em forma de bonecos representando subdivisões do movimento Punk.

Proposição do Trabalho

Seguindo o conceito pós-moderno experimental, decidimos homenagear os causadores da mudança estética, os Punks.

O formato escolhido foi o papercraft, em forma de quatro bonecos estilizados seguindo quatro estilos de subdivisões do Movimento Punk.

As subdivisões e as respectivas características estéticas dos personagens escolhidos foram:

Pop Punk, Skate Punk, Punk Rock e New Wave

Resultados Esperados do Trabalho

Após esta homenagem esperamos que as pessoas que o virem possam conhecer o movimento Punk e observar a expressão estética, quebrarem os próprios preconceitos e utilizarem novas formas de expressão. Assim com todas as cores, estilos e atitude que o movimento Punk transmite a sociedade pode se tornar menos mórbida e menos mesma.

Construindo os bonecos e montando os manuais com a metodologia:

CD com a metodologia e os projetos em PDF:

Este foi o TCC que eu juntamente com meu grupo desenvolvemos.

Bonecos Punks em PDF para Download:

POP PUNK PAPERCRAFT

SKATE PUNK PAPERCRAFT

PUNK ROCK (parte 1)

PUNK ROCK (parte 2)

PUNK NEW WAVE PAPERCRAFT

11
nov
09

EC0VILLE

Metodologia de construção resumida[texto não revisado], da marca EcoVille (complexo habitacional ecologicamente correto de Marília-SP) [a apresentação final do trabalho estava com texto e tipografia diferente, estas peças representam apenas a idéia de diagramação e organização básica dos elementos]

metodologia-de-criação

Possíveis Variações da Marca [diagramação final, porém informações e tipografia não revisadas]

Possíveis-Variações-da-marca

impressos(EcoVille+outros trabalhos acadêmicos)/Pasta ecológica feita com pedaços de papel reciclado (estilo rústico)

impressos/Pasta ecológica feita com pedaços de papel reciclado (estilo rústico)

12
set
09

C4MP4NH4 VE5TIBUL4R UNIVEM 2010

cartaz finalizado (corte especial nos circulos)

fly finalizado

folder parte de dentro

folder parte de fora

vestibular composição final outdoor

 

12
set
09

PR0GR4M4 CENTR0 LIMP0

introducao-e-detalhes-do-PCL

Pcl-criacao-da-marca

pcl-utilizacao-da-marca

Impresso em papel reciclavel…

100_1034

100_1035

100_1036

100_1037

Programa Centro Limpo

Introdução:

Através de uma pesquisa, dos problemas que atingem a cidade de Marília percebemos que existe um que merece atenção: Trata-se do problema do grande acúmulo de papéis promocionais no centro da cidade. A partir deste problema que causa desconforto a população, ao município e a natureza, criamos este projeto para a implantação do “Programa Centro Limpo”, que diante de aprovação da câmara municipal, e prefeito promete ser a melhor solução para o problema.

Sobre o programa:

O Programa Centro Limpo consiste em dar assistência a um problema que atinge o centro de Marília: a enorme quantidade de papéis promocionais jogados no chão do centro.

Estes papéis alem de causarem grande transtorno para a limpeza pública, causam poluição ambiental do solo (por causa da tinta contida nos folhetos).

Os participantes do programa serão beneficiados financeiramente através de descontos nos impostos municipais(empresas) e descontos nos produtos/serviços referentes ao folheto.

Como minha empresa poderá participar?

-Basta colocar a marca do PCL (*e utilizar papel reciclado) em todas as mídias impressas de uso direto e pessoal (Folhetos, flys e Folders).

– Todos os folhetos que retornarem a empresa devem ser coletados e enviados para cooperativas de reciclagem.

-Um adesivo fixo na parede do estabelecimento participante do programa identificará que a empresa possui consciência ambiental.

-A empresa terá descontos de 10%  a 25% nos impostos municipais:

10% – colocando a marca do PCL nas mídias impressas de uso direto e pessoal (Folhetos, flys  e Folders).

*25%- colocando a marca do PCL e utilizar papel reciclado nas mídias impressas de uso direto e pessoal (Folhetos, flys  e Folders).

Como eu posso participar?

-Leve o folheto promocional (com a marca PCL) até a respectiva loja e ganhe 5% de desconto no produto/serviço oferecido no folheto.

-Participando você contribui para que nossa cidade fique sempre limpa e bela e com isso você contribui também com a natureza.

Construção e design da Marca

O “P” possui formato de folha, representando a natureza com objetivo de transparecer a idéia de consciência ambiental (também causa contraste curva-reta transparecendo a idéia natureza-cidade).

A letra “C” e “L” foram representadas com formas retas, representando os prédios e as formas retas do centro, mas dando continuidade ao “P” levando a marca uma característica ligada ao Art Déco (movimento dos anos 1925-1939  que afetou a principalmente  arquitetura e também forneceu influências  design de interiores e design industrial) utilizando uma estética que demonstra continuidade da forma.

A cor escolhida foi o verde escuro (que representa natureza e preservação).

Design Do Adesivo

O adesivo (que ficara colado em um lugar de fácil visualização) servirá para identificar que a empresa é participante do PCL e se preocupa com a natureza. Por tanto ele possui uma segmentação que condiz com a marca. Existe os elementos puros da marca, dando continuidade visual.

(Trabalho Acadêmico de Eco Design Univem-IST 2009)

06
jun
09

PG4BRIEL

pg

PG-montagem

Esta peça foi executada utilizando as fotografias da prova de fotografia… 

esse cara que estuda comigo também tem um blog (http://g43riel.wordpress.com/)




Follow JCarlos's Blog on WordPress.com